Com palestra de Paulo Mancha, Corinthians Steamrollers realiza evento de abertura da temporada 2016

No último domingo, 14, o Corinthians Steamrollers realizou no Pq. São Jorge, na capital paulista, um evento de abertura da temporada 2016. Com um anfiteatro cheio, o jornalista Paulo Mancha D’Amaro (atualmente no quadro de comentaristas de futebol americano da ESPN) abriu as atividades do evento, que também celebrou os 10 anos de Steamrollers, fundado por Cauê Martins (QB, ainda no time) e Paulinho (WR) em Diadema-SP.

Mancha palestrou sobre a história do futebol americano, destacando fatos marcantes de década em década, desde a origem do esporte  com o futebol (soccer) e o rugby. Conteúdo não falta para se falar da história do futebol americano e Paulo Mancha conseguiu fazer um ótimo resumo, de forma atrativa e descontraída, que com certeza agradou ao público presente. A representação e comentários do jornalista para o Buttfumble de Mark Sanchez, foi, no mínimo, impagável.

Claro, que conversamos com o Mancha após o evento. Confira no vídeo abaixo:

Depois de Paulo Mancha, Ricardo Trigo, presidente do Corinthians Steamrollers, assumiu o microfone e fez um breve resumo da história do Steamrollers. E Trigo foi o responsável por nos apresentar a camisa que o Corinthians Steamrollers usará na temporada 2016. O novo uniforme é uma homenagem ao Providence Steam Roller, primeira equipe de New England campeã da NFL (em 1928). O “Rolo Compressor” americano que disputou a NFL de 1925 a 1931. A adição da cor laranja ao novo uniforme além de ser uma homenagem ao xará dos EUA, também pode ser interpretado como uma referência ao famosão “terrão”, onde o time do Steamrollers brasileiro teve origem. Confira como ficou o novo uniforme, vestido pelo WR e cantor sertanejo Igor Braga, no vídeo:

Segundo Ricardo Trigo, uma peça do novo uniforme será exposta no museu do New England Patriots, onde também se encontra artigos relacionados ao Providence Steam Roller. Em seu discurso, Trigo deixou claro que pretende trabalhar bastante a marca do Corinthians Steamrollers internacionalmente e estreitar ainda mais os laços entre Steamrollers, Corinthians e Patriots, levantando inclusive a hipótese de um possível jogo de pré-temporada dos Pats na Arena Corinthians. Claro, que ainda não há nada certo. Ficaremos na torcida, pois temos noção da dificuldade que seria conseguir trazer um evento desses.

O presidente do Steamrollers também apresentou toda a comissão técnica, de todas as categorias: Futebol americano equipado e flag football, ambos masculino e feminino. No caso do flag masculino, o time disputa o 8×8 e não o 5×5.

E um dos apresentados por Trigo foi Fabio Marin, head coach da equipe principal do Corinthians Steamrollers, um parceiro de longa data já. Marin explicou como será a divisão das categorias do Futebol Americano equipado: Base (até 21 anos) e Desenvolvimento (jogadores com experiência ou mais velhos, que ainda não atingiram um nível desejado); os jogadores de destaques e que atenderem as expectativas serão “promovidos” para equipe Varsity (que alguns atletas jogarão junto com o time principal a 5ª Super Copa São Paulo – Fefasp neste 1º semestre). E será do Corinthians Steamrollers Varsity que sairão os novos recrutados para a equipe principal (que disputará o Torneiro Touchdown VIII, no 2º semestre). O treinador também anunciou os atletas de 2015 que permaneceram no elenco para 2016, os reforços que estão chegando neste ano e os atletas que foram promovidos para o time principal. São mais de 200 jogadores ao todo no plantel do F.A. masculino.

Fábio Marin - HC Steamrollers

Fábio Marin, head coach do Corinthians Steamrollers

Nós também gravamos uma entrevista com Marin, mas infelizmente tivemos um problema técnico e o material não pode ser aproveitado. Mas em suma, o head coach diz que o trabalho de base, formação e aperfeiçoamento dos atletas é algo demorado e não do dia para noite, por isso é muito importante o time estar focado no trabalho do dia-a-dia, realizado dentro do clube, nos treinos, enfim… Fazer a lição de casa para que os bons resultados apareçam e o “time voltar a ser referência em algo que o Corinthians foi pioneiro”. Em relação à expectativas para temporada de 2016, até onde esse time em formação pode chegar, Fábio Marin se limitou a falar apenas sobre o 1º semestre, mantendo a filosofia de “um passo de cada vez” e se mostrou confiante com um possível título da Super Copa São Paulo – FEFASP, colocando o São Paulo Storm como principal concorrente, sendo as duas equipes hoje, na visão do treinador, ainda as mais fortes do estado de São Paulo.

Eduardo Willy

O 11 Jardas foi meu projeto de TCC, sou bacharelado em Comunicação Social - Rádio e TV. Acompanho futebol americano desde o Super Bowl XLII (Giants x Patriots), o qual dormi no último e decisivo lance da partida. Sofro pelo Dallas Cowboys e aceito jerseys de times do FABR como presente, tamanho P. VLW FLW!

Website: http://11jardas.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *