Super Bowl XLIX: Batalha no deserto por Luciano Santos Super bowl - Relacionado Full view

Super Bowl XLIX: Batalha no deserto por Luciano Santos

O Super Bowl XLIX terá o duelo entre os times com a melhor campanha em sua respectiva conferência. De um lado, os atuais campeões, Seattle Seahawks, que venceu a Conferência Nacional (NFC) numa batalha épica contra o Green Bay Packers. E do outro, o New England Patriots, que atropelou o Indianapolis Colts na final da Conferência Americana (AFC). Esta será a oitava participação dos Patriots em Super Bowl (venceram 3 e perderam 4). Enquanto os Seahawks estão em sua terceira aparição (venceu 1 e perdeu 1).

No dia 1º de fevereiro no University of Phoenix Stadium, em Glendale, Arizona, teremos esse grande jogo. A grande final. Veja os pontos fontes de cada equipe:

Estatísticas dos Seahawks:

Russell Wilson está com 10 vitórias e nenhuma derrota contra quarterbacks que já venceram o Super Bowl: 3-0 contra Aaron Rodgers (Packers); 2-0 contra Eli Manning (Giants); 2-0 contra Peyton Manning (Broncos); 2-0 contra Drew Brees (Saints) e 1-0 contra Tom Brady (Patriots).

Seattle entrou nos playoffs com 6 vitórias seguidas. A última equipe a vencer o Super Bowl com uma série de vitórias seguidas foi justamente o Patriots, em 2003 com 5 vitórias seguidas.

O time de Seattle mais uma vez chega ao Super Bowl com a melhor defesa do campeonato. Seahawks é a equipe que teve menos pontos cedidos por jogo (15,9 pontos) e é a equipe que menos cedeu jardas por jogo (267,1 jardas).

Estatísticas dos Patriots:

Dinâmica de parceria: Bill Belichick com Tom Brady como seu quarterback tem um recorde de 180 vitórias e 55 derrotas. Sem Brady, são 52 vitórias e 63 derrotas.

Veja os outros quarterbacks que Belichick teve no início em New England e em Cleveland: Matt Cassel, Drew Bledsoe, Vinny Testaverde, Bernie Kosar, Mike Tomczak, Todd Philcox, Eric Zeier, e Mark Rypien.

Aqui vou eu, Joe: Tom Brady tem 7 jogos de pós-temporada com 3 ou mais passes para touchdown. Essa é a segunda maior marca na pós-temporada, da NFL da história. Ele só perde para Joe Montana, que tem 9 jogos de pós-temporada com 3 ou mais passes para touchdown.

Tom Brady - Foto: Aaron M. Sprecher/NFL
Tom Brady – Foto: Aaron M. Sprecher/NFL

 

Obrigado pelo show: Bill Belichick se torna apenas o terceiro treinador a enfrentar o seu antecessor (Pete Carroll) no Super Bowl. No Super Bowl XXXVII, do Tampa Bay, Jon Gruden enfrentou o Oakland de Bill Callahan, que foi o seu ex-assistente nos Raiders. E no Super Bowl III, os Jets de Weeb Ewbank enfrentou seu ex-time, o Baltimore e Don Shula.

Principais jogadores dos Seahawks:

RUNNING BACK – Marshawn Lynch

Lynch tem sido espetacular este ano. Ele tem mais de 1.000 jardas e 10 touchdowns corridos em sua 4º temporada consecutiva. Além de liderar a NFL com 17 touchdown anotados. Ele teve 157 jardas e 1 touchdown na decisão de Conferência contra o Green Bay Packers. O fator Beast Mode poderá ser um atrativo a mais no Super Bowl.

Lynch recebe a bola paa mais uma corrida - Foto: Ric Tapia/NFL
Lynch recebe a bola paa mais uma corrida – Foto: Ric  Tapia/NFL

 

QUARTERBACK – Russell Wilson

Wilson teve uma carreira notável desde que entrou para os Seahawks. Seu recorde é de 36 vitórias e 12 derrotas. E esses são os melhores números para um quarterback durante as suas 3 primeiras temporadas. Ele se junta a Joe Flacco como os únicos quarterbacks da história da NFL a começarem e ganharem um jogo de playoff em cada uma das suas 3 primeiras temporadas.

Russel Wilson - Foto: Todd Rosenberg/NFL
Russel Wilson – Foto: Todd Rosenberg/NFL

 

 COACH – Pete Carroll

Carroll está tentando se tornar apenas o 7º treinador a levar sua equipe ao bi campeonato do Super Bowl, juntando-se a Vince Lombardi (Packers), Don Shula (Dolphins), Chuck Noll (Steelers), Jimmy Johnson (Cowboys), Mike Shanahan (Broncos) e Bill Belichick (Patriots). Aos 63 anos, ele seria o segundo mais velho treinador á ganhar o Super Bowl, atrás apenas de Tom Coughlin.

Pete Carroll dando entrevista - Foto: Todd Rosenberg/NFL
Pete Carroll dando entrevista – Foto: Todd Rosenberg/NFL

 

Veja os principais jogadores dos Patriots:

QUARTERBACK – Tom Brady

Brady está buscando se juntar ao seu ídolo de infância, Joe Montana, com quatro anéis de Super Bowl. Ele está com 20 vitórias e 8 derrotas em pós-temporada e 3 vitórias e 2 derrotas em Super Bowl. Ele tem praticamente todos os recordes que um quarterback pode ter na NFL em pós-temporada. Ele é o QB que mais começou jogos como titular em pós-temporada (28), maior quarterback a vencer jogos em pós-temporada (20) e com mais passes para touchdown em pós-temporada (49).

TIGHT END – ROB Gronkowski

Depois de ter temporadas prejudicadas por lesões, em 2012 e 2013, Gronkowski retornou a boa forma com 82 recepções e 12 touchdowns durante a temporada regular. Ele tem mais touchdowns recebendo durante as suas 5 primeiras temporadas do que qualquer tight end na história da NFL (55).

Gronk - Foto: Aaron M. Sprecher/NFL
Gronk – Foto: Aaron M. Sprecher/NFL

 

 COACH – Bill Belichick

Esta é a sexta vez que Belichick vai para o Super Bowl como treinador principal dos Patriots (3 vitórias e 2 derrotas). Sob a sua liderança, desde que assumiu em 2000, o New England está com 176 vitórias e 65 derrotas. Ele é o treinador mais vitorioso em toda a história na pós-temporada da NFL com 21 vitórias, um a mais que o Tom Landry (Dallas Cowboys).

Bill Belichick - Foto: AP Photo/Charles Krupa
Bill Belichick – Foto: AP Photo/Charles Krupa

 

As cartas estão lançadas para o que pode ser o melhor jogo de todos os tempos.

Até mais.

*Este é um texto colaborativo, o qual representa a opinião do autor e não a opinião do 11jardas.com ou de seus editores* Quer ser um colaborador do 11 Jardas? Então cadastre-se em 11jardas.com/PARTICIPE* 

Você pode GANHAR UM XBOX ONE + 1 MADDEN NFL 15 ao contribuir na campanha de financiamento coletivo do 11 Jardas. Saiba como no link: 

Escrito por Luciano José Dos Santos

Sou Formado em Administração. Acompanho o futebol americano desde os anos 90, quando acompanhei o esporte na TV Bandeirantes. Sou jogador do Ocelots (Wide Receiver) e acompanho a temporada da NFL. Que venha logo setembro porque off season é dificil.